terça-feira, 23 de junho de 2009

Zica dos infernos!

Corro o risco de parecer um disco arranhado e expulsar todos daqui, mas vejam se eu não tenho razão:

- sexta feira, deixei meu carro num manobrista de restaurante que quebrou a chave do carro. Conclusão: ele não abre e fecha mais pelo botãozinho, tem que colocar na fechadura. Toda vez que eu abro na chave, o alarme dispara (nem tranco mais na garagem de casa, para não acordar o prédio inteiro)

- lembrando que desde quinta minha mão dá sinais de falecimento, não consigo mais segurar nada. Rezando para o ortopedista que irei na quinta me ajude.

- Antes de vir para casa, passei no Pão de Açucar para comprar algumas coisas. Ao chegar no caixa, o Itaú estava fora do ar. Tive que deixar as mercadorias lá.

- Passei em outro Pão de Açucar, enchi carrinho de novo, paguei. Ufa! deu certo! Cheguei no carro, carregada com as sacolas recicláveis, abro o carro e... bi! bi! bi! bi! a droga do alarme! entro correndo para ligar o carro para interromper o alarme... só que a marcha estava engatada e... bateu na parede do supermercado! e a minha mão boba derrubou a sacola e quebrou o requeijão!

- cheguei em casa, e descubro que a máquina de lavar quebrou.

- fui jantar um sanduba, e a coroa do dente descolou.

Se eu descobrir que tem alguém rindo deste post, juro que vou rezar muito, à la Irmã Selma:


Um comentário:

flgt disse...

só pode ter alguém "rezando" por você, amiga... hihihi!